Volte às aulas com o “pé direito”!

Volte às aulas com o “pé direito”!

As férias são ótimas, mas logo chegará fevereiro e, com ele, as aulas. Mas não precisa se estressar! Com essas dicas, você fará 2018 valer a pena também na questão dos estudos. Confira!

Leia tudo

1) Não espere pela chegada das aulas para se organizar:
organize tudo, desde a questão da matrícula até a questão do material, com pelo
menos um mês de antecedência, para que possa organizar com calma e sem o risco
de ser atrapalhado(a), em cima da hora, por qualquer imprevisto.  



2) Planeje uma rotina de estudos: comece a pensar em como
fará para estudar e trace uma rotina estudantil que se encaixe em sua rotina
pessoal. Não existe uma frequência ideal: ela depende dos seus planos, das suas
dificuldades em aprender as disciplinas e do quanto seu curso exige de você. Mas
lembre-se: 30 minutos diários é o tempo em que o cérebro consegue manter o foco.



3) Não deixe de ter seu lazer: especialmente aos finais de
semana. Divertir-se é fundamental para a saúde, inclusive do seu cérebro.
Relaxado(a), seu rendimento nos estudos será melhor. Mas lembre-se de saber
separar os momentos de lazer e obrigação. O equilíbrio entre os dois é o melhor
aliado de uma vida estudantil produtiva!



4) Peça socorro sempre e vá devagar: não entendeu algo em
uma matéria? Peça ajuda ao professor, a um(a) colega, a algum familiar ou a ajuda
externa de um professor particular, o que achar mais eficaz e lhe deixar mais
seguro(a). E tenha calma: nada de “se atropelar”! Primeiro, entenda o que for
necessário para somente depois avançar com o conteúdo. Não há aprendizagem real
se os detalhes se perderem por falta de entendimento.



5) Invista no próprio crescimento e acredite em si: com material
que lhe interesse, seja livro, revista ou qualquer outro, crie o hábito de ler
ou passe a ler mais para ampliar seu vocabulário, melhorar sua redação e seu
entendimento geral das matérias. Começará a estudar sobre algum assunto que lhe
parece difícil ou que lhe chamou bastante atenção, como, por exemplo, a Segunda
Guerra Mundial? Pesquise no Google filmes sobre o assunto específico para saber
sobre ele na prática ou vá ao teatro assistir uma peça sobre ele. Acima de
tudo, esteja disposto(a) a fazer o melhor sempre pelos seus estudos e acredite
que você pode ser um(a) ótimo(a) aluno(a)!



 



Ter sucesso nos estudos depende não só, mas muito de você!
Mãos à obra? Boa sorte!