Vídeo de noiva e tripulantes que tiveram menos de 1 minuto para deixar helicóptero antes de explosão

Vídeo de noiva e tripulantes que tiveram menos de 1 minuto para deixar helicóptero antes de explosão

Noiva, fotógrafo, menino de 6 anos e piloto vítimas da queda do helicóptero em Vinhedo (SP), neste sábado (5), tiveram menos de 1 minuto para sair da aeronave antes da explosão, segundo mostra um

Leia tudo


Noiva, fotógrafo, menino de 6 anos e piloto vítimas da queda do helicóptero em Vinhedo (SP), neste sábado (5), tiveram menos de 1 minuto para sair da aeronave antes da explosão, segundo mostra um vídeo do acidente que viralizou nas redes sociais.

Em uma sequência sem cortes - entre 0m32s e 1m36s -, é possível ver desde a aproximação do helicóptero ao local do casamento - um castelo estilo medieval - até a explosão da aeronave segundos após a saída de todos os tripulantes. [Veja no vídeo, acima]

A testemunha, que fez as imagens com um celular, está do lado de fora do espaço do evento e se assusta quando percebe a queda. Ele corre, sem parar a gravação. Chega a se esconder atrás do alambrado de uma empresa e, em seguida, volta a gravar o helicóptero já no chão com convidados e familiares resgatando as vítimas.

Todos ainda se encontram perto do helicóptero quando o fogo começa e há uma nova correria.

A noiva saiu ilesa e os demais três tripulantes tiveram ferimentos leves. Mesmo com o susto, a noiva subiu ao altar e a festa aconteceu.

Sequência de fotos mostram de queda de helicóptero com noiva a casamento realizado em Vinhedo. (Foto: Arte/G1) Sequência de fotos mostram de queda de helicóptero com noiva a casamento realizado em Vinhedo. (Foto: Arte/G1)
Sequência de fotos mostram de queda de helicóptero com noiva a casamento realizado em Vinhedo. (Foto: Arte/G1)
Viagem rápida
A viagem começou no Aeroporto de Jundiaí (SP) com o embarque das quatro pessoas às 17h23, segundo informações da concessionária Voa São Paulo, que administra o local. O percurso foi de cerca de 20 km até a festa, no bairro Altos do Morumbi.

No boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil, como lesão corporal culposa, consta que o acidente ocorreu às 17h30.
A reportagem da EPTV apurou que a programação do voo do helicóptero previa que pétalas de rosas fossem jogadas antes da aterrissagem, o que não ocorreu devido ao acidente.

O menino que estava no voo levaria as alianças até os noivos na cerimônia. Com a queda, ele teve sangramento no nariz e ficou em observação no hospital até a manhã deste domingo (6), quando teve alta.

Cenipa e Polícia Civil investigam
Técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) estiveram no espaço do evento nesta manhã para fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que serão usados na investigação.

A Polícia Civil de Vinhedo deve instaurar o inquérito nesta segunda-feira (7) para apurar as causas do acidente. Após a perícia, os destroços da aeronave foram removidos, colocados em um caminhão e levados para Itapecerica da Serra (SP).

A empresa Buffet Imagem, responsável pelo local, disse ao G1 que não houve danos à estrutura do prédio e que os convidados estavam a uma distância segura da área onde o helicóptero deveria pousar.

Helicóptero que levava noiva em Vinhedo após queda e fogo se apagar.

'Piloto experiente'
De acordo com Rui Garcia, proprietário da empresa dona do helicóptero, Alter Aviation, o piloto é experiente e está chocado com o que aconteceu. A companhia responsável fica em São Paulo.

Garcia informou que a aeronave decolou para fazer um voo fotográfico, que percorre um trecho pequeno. Ele disse que o piloto estava tentando pousar no local correto e indicado no gramado do espaço onde acontecia o casamento.

Espaço medieval
De acordo com a empresa Buffet Imagem, responsável pelo espaço do castelo, o local foi inaugurado no último dia 24 de abril e esta foi a primeira vez em que um helicóptero pousou em um evento desde o início da operação da companhia no local.

O espaço possui alvará e laudo do Corpo de Bombeiros, segundo a empresa, que afirma que os documentos estão à disposição, e aguarda o resultado da perícia.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=G80fDu6PQlc