Vereador dá exemplo e cria SAMU animal em Recife

Vereador dá exemplo e cria SAMU animal em Recife

Os donos de animais da capital de Pernambuco podem ficar sossegados. O vereador Romero Albuquerque (PP), está usando seu próprio salário para bancar o SAMU Animal. O projeto ainda está tramitando na

Leia tudo

Os donos de animais da capital de Pernambuco podem ficar sossegados. O vereador Romero Albuquerque (PP), está usando seu próprio salário para bancar o SAMU Animal. O projeto ainda está tramitando na Câmara dos Vereadores, mas Romero não quis esperar. Para manter o serviço a pleno funcionamento, já foram comprados dois veículos para atender os casos de animais atropelados, maltratados ou com risco de morte

O fato de a imagem de Romero estar adesivada nos veículos da SAMU Animal tem uma explicação. “As pessoas que confiam em mim precisam saber quem é o responsável pelo projeto. Têm que saber que aquilo é meu, que eu que fiz, que aquele meu salário não está indo para o ralo, que não estou usando em benefício próprio”, diz ele que ganha cerca de R$ 11 mil como vereador.

Romero não parece estar preocupado se o Poder Executivo irá aprovar ou não o projeto. O certo é que o SAMU Animal está operando a pleno vapor e funciona da seguinte forma: o interessado pode solicitar o serviço no site da Central Animal de Pernambuco ou na página do vereador no Facebook. O horário é das 8hs às 17hs, de segunda à sexta-feira, e no sábado das 8hs às 12hs. O telefone é 81 3301 1435.

O vereador segue polemizando. Ele diz que a SEDA (Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais) não implantou o serviço por absoluta falta de vontade do Poder Executivo. Assegura, ainda, que os custos não são altos e a Secretaria que foi criada justamente para atender os animas não faz o trabalho que deveria fazer.

Romero realmente não poupou na criação do SAMU Animal. Foi financiada uma ambulância de R$ 20 mil e uma caminhonete de R$ 30 mil. Sua intenção é gastar até, no máximo, R$ 8 mil com atendimentos.

O serviço inclui transporte, atendimento veterinário e medicamentos. Porém, o animal não é liberado se não tiver a guarda de uma pessoa.

Desejamos que esta excelente iniciativa seja seguida por outras cidades também, não sendo somente uma iniciativa particular de um político, mas algo implementado pelos administradores públicos de forma regular para a sociedade.
Vereador dá exemplo e cria SAMU animal em Recife