RIO Sistema Guandu, que abastece 9 milhões de pessoas, vai parar por 24 horas para manutenção anual

RIO Sistema Guandu, que abastece 9 milhões de pessoas, vai parar por 24 horas para manutenção anual

Moradores do Rio e da Baixada Fluminense serão

Leia tudo

Moradores do Rio e da Baixada Fluminense serão afetados
RIO - Cerca de 9 milhões de pessoas correm o risco de ficar sem água no Rio e na Baixada Fluminense nos próximos dias. Isso porque o sistema Guandu passará por manutenção preventiva anual e de rotina e terá o fornecimento interrompido por 24 horas na quinta-feira. De acordo com a Cedae, o serviço está prevista para começar às 6h e terminar à 6h de sexta-feira. O trabalho vai mobilizar cerca de 600 pessoas. Técnicos farão uma vistoria minuciosa nos reservatórios, nos canais de água filtrada da estação de tratamento e nas adutoras e elevatórias que compõem o sistema do Guandu.

Imóveis que possuem cisternas ou caixas d`água não deverão ter problemas de abastecimento. No entanto, a Cedae pede para que os moradores façam economia e reprogramem atividades que demandam grande consumo de água como, por exemplo, não lavar carros, não encher piscinas, evitar lavar roupas, não regar jardins e diminuir o tempo no banho.

O abastecimento começará a ser normalizado logo após o religamento do sistema, mas em algumas áreas isoladas (pontas de sistema) e regiões mais altas, o fornecimento de água poderá levar até 72 horas para ser totalmente restabelecido. A companhia informou ainda que montou um esquema especial - com carros-pipa - para atender hospitais e outros órgãos de atendimento essencial no período em que a estação estiver inoperante.

Segundo a Cedae, a intervenção faz parte do planejamento operacional e visa a preparar as principais estações para o verão, período do ano em que há maior consumo de água.
RIO Sistema Guandu, que abastece 9 milhões de pessoas, vai parar por 24 horas para manutenção anual