Posto de saúde fecha e médico atende pacientes em calçada

Posto de saúde fecha e médico atende pacientes em calçada

Não são poucas as notícias negativas a respeito de atitudes de médicos. Casos de racismo e abusos entre estudantes e graduados fizeram parte do noticiário recente. Mas, de forma alguma os atos de

Leia tudo

Não são poucas as notícias negativas a respeito de atitudes de médicos. Casos de racismo e abusos entre estudantes e graduados fizeram parte do noticiário recente. Mas, de forma alguma os atos de alguns pode definir uma classe. É preciso se agarrar também aos exemplos positivos.
Sendo assim, apresentamos o caso de um médico da pequena cidade de Umarizal, no interior do Rio Grande do Norte, que honrou sua profissão. O posto de saúde que Bernardo Amorim trabalha estava fechado e só abriria a partir das 14h. Porém, o doutor acabou chegando mais cedo e ao se deparar com uma fila de pacientes esperando não pensou duas vezes, buscou por uma sombra e começou a atender as pessoas debaixo de uma árvore.

No Brasil atitudes sensatas são vistas com espanto e consideradas atos de heroísmo. Para Bernardo não teve nada disso, “não tem problema estou debaixo de uma planta e fazendo o que gosto”, respondeu ele enquanto conversava com os pacientes sentado na calçada em frente ao posto médico.

Além de surpresas, as pessoas ficaram bastante emocionadas, ressaltando a fraternidade e carinho do médico. A fotografia já correu o Brasil inteiro.