Polícia Federal: autorizadas 500 vagas com salário de até R$ 24 mil

Polícia Federal: autorizadas 500 vagas com salário de até R$ 24 mil

“O edital está sendo elaborado pela Polícia Rodoviária Federal e pela Polícia Federal. Eles estão elaborando o edital. Porque o resto já está tudo ok, já está tudo disponível para que isso possa ser

Leia tudo

Boa notícia para quem aguarda o concurso da Polícia Federal. Foi publicado no Diário Oficial da União
desta sexta-feira, dia 20 de abril, a Portaria de Nº 8.380, em que o Departamento de Polícia Federal autoriza
o tão aguardado certame. A oferta será de 500 vagas e o salário pode chegar a R$ 24 mil. O edital de abertura
do concurso está previsto para ser lançado em junho.
Serão 150 cargos de delegado, 60 de perito criminal, 80 de escrivão, 30 de papiloscopista e 180 de agente.
Todos os cargos exigem o nível superior e carteira de habilitação na categoria B ou superior.
De acordo com a portaria, o prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso
público será de até seis meses, contado a partir da de hoje, ou seja, até 20 de outubro. No entanto, a
corporação prevê a antecipação das regras para junho.
O Diretor de Gestão de Pessoal da PF é quem ficará responsável pela realização do certame. O Ministério do
Planejamento, Desenvolvimento e Gestão divulgou o Aviso n° 068/MP, de 16 de abril de 2018, encaminhado
para o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, informando a existência de disponibilidade
orçamentária para despesas com o provimento das vagas.
Para concorrer aos cargos de agente, escrivão e papiloscopista será preciso ter qualquer graduação ou curso
de tecnólogo. A remuneração para os cargos é de R$ 12.441,26, que chegará a R$ 12.980,50 no próximo ano.
Já quem for se inscrever para o cargo de delegado precisa ter graduação em Direito, enquanto que os
candidatos a perito precisarão de graduação em áreas específicas, que ainda não foram divulgadas pela PF. O
salário inicial é de R$% 23.130,48, e chegará a R$ 24.150,74 no ano que vem.
As últimas seleções para as carreiras da PF foram realizadas nos anos de 2012 e 2014. pelo Cebraspe, antigo
Cespe/UnB


O concurso da corporação é composto por provas objetivas e discursivas, teste de aptidão física, exame
médico e avaliação psicológica.
O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou no dia 28 de fevereiro, que foi autorizado a
contratar mil novos policiais federais e rodoviários federais.
“Sobre a necessidade e urgência de reforçar recursos humanos, especialmente na Polícia Federal e na Polícia
Rodoviária Federal, estamos autorizados a fazer concursos, com 500 novos agentes para a Polícia Federal e
500 novos agentes na Polícia Rodoviária Federal”, disse o ministro em fevereiro.
Jungmann, em entrevista nesta nesta quarta-feira, dia 18, afirmou que os editais do concurso PF e do
concurso PRF serão publicados até junho. Segundo ele, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal já
trabalham na elaboração do documento. A única pendência continua sendo a publicação da portaria
autorizativa.
Ele foi questionado sobre se haveria tempo hábil para a contratação dos novos agentes ainda neste ano.
“O edital está sendo elaborado pela Polícia Rodoviária Federal e pela Polícia Federal. Eles estão elaborando
o edital. Porque o resto já está tudo ok, já está tudo disponível para que isso possa ser feito. A diferença é
administrativa, meramente administrativa. Mas ainda neste semestre nós vamos ter o lançamento do edital do
concurso da PRF e da PF”, declarou Jungmann