Onze viaturas do Samu se encontram paradas em terreno baldio.

Onze viaturas do Samu se encontram paradas em terreno baldio.

No Distrito Industrial, uma cena chamou a atenção da imprensa e dos cidadãos que passavam por um terreno do bairro: 11 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) se encontram

Leia tudo

No Distrito Industrial, uma cena chamou a atenção da imprensa e dos cidadãos que passavam por um terreno do bairro: 11 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) se encontram estacionadas no local. Os veículos, que não estão sucateados, ficam sujeitos à deterioração.A equipe da ContilNet entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), e de acordo com a nota de esclarecimento enviada, os veículos no terreno do Distrito Industrial já atingiram o tempo de vida útil (5 anos), tendo sido substituídas por novas viaturas. Os veículos também serão leiloados em breve através de processo que já se encontra no Ministério da Saúde.Em relação às ambulâncias, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), esclarece que de acordo com a Portaria nº 2.048/2002 do Ministério da Saúde que regulamenta o funcionamento do SAMU em todo o país, as ambulâncias possuem um tempo de vida útil de 5 anos. Depois desse período, as ambulâncias são substituídas por novas viaturas.Em seguida, como é regulamentado para todas as unidades de SAMU do Brasil, é feito um processo de desfazimento junto ao Ministério da Saúde e as ambulâncias são colocadas em leilão.