Não desista: o sucesso está logo atrás daquela porta que você desistiu de abrir!

Não desista: o sucesso está logo atrás daquela porta que você desistiu de abrir!

O sucesso está logo atrás daquela porta que você desistiu de abrir!Hoje em dia, nos deparamos cada vez mais com grandes desafios. Esses obstáculos parecem estar presentes em todas as áreas das noss

Leia tudo

O sucesso está logo atrás daquela porta que você desistiu de abrir!

Hoje em dia, nos deparamos cada vez mais com grandes desafios. Esses obstáculos parecem estar presentes em todas as áreas das nossas vidas, seja ela profissional, pessoal, social, familiar etc.

Naturalmente, eliminá-los por completo poderia nos colocar numa “desconfortável” zona de conforto! Você pode estar se perguntando; mas como assim desconfortável?

Sim, quando você permanece muito, digo: muito tempo num lugar, ainda que gostoso e aconchegante, ele se torna desconfortável. E é assim com todas as etapas da nossa vida. Os desafios existem para mudarmos de posição, nos locomover, nos impulsionar, nos empurrar para depois da linha de chegada.

A vida seria sem graça se não tivéssemos que chegar a algum lugar! Não existe jogo, por mais simples que seja, que não tenha um objetivo. Seria demasiadamente monótono ficar jogando dados e andando somente com os “pininhos” no tabuleiro, sem conquistar nada, simplesmente girando em círculos.

Porém, quando se trata do jogo da vida, as regras são diferentes, a sorte é somente um adereço, e os dados para saber quantas casas vamos pular, tem a ver com a nossa bagagem e com a nossa competência.

Dessa forma, considerando que todo mundo tem um propósito, até mesmo o seu adversário, criamos um cenário competitivo que tem o seu lado positivo, como também o seu lado negativo, nos deixando na maioria das vezes, exaustos e sobrecarregados. É sabido que a competitividade sempre existiu no íntimo de cada um de nós, em alguns de forma mais aguçada e em outros de forma imperceptível, mas ela sempre esteve ali.

Algumas pessoas são capazes de tudo para conquistar os seus objetivos, até mesmo passar por cima dos outros! Essa concorrência acentuada, por vezes exacerbada, consome as nossas energias, nos faz acreditar que não somos bons o suficiente e transforma cada dia de nossas vidas em um dia de caça.

É por isso que é comum ouvirmos a seguinte expressão popular: precisamos matar um leão a cada dia! Imagina que cenário cruel, acordar, vestir nossa roupa camuflada para caça, pegar as nossas armas e sairmos para matar o rei da selva! Só em projetarmos esse filme, já consome parte da nossa energia e por vezes, nos desmotiva. Incorremos em erro, no momento em que fazemos, logo pela manhã, dessa imagem mental a programação do nosso dia, pois tornamos os desafios maiores do que são, damos poderes aos problemas que circundam os nossos objetivos e detonamos o nosso campo energético.

Quantas vezes desejamos muito conquistar algo e, quando alcançamos, já não temos nem força e nem vontade de comemorar, devido ao desgate psicológico e energético que a concorrência e as dificuldades nos proporcionaram.

É como se tudo se resumisse no caminho pecorrido para se conseguir algo e o resultado não fosse tão importante. Isso se justifica porque nós, humanos, formamos um grande campo eletromagnético. Quando estamos com medo ou receio, o nosso fluxo de energia é convertido em bloqueios tanto físicos quanto emocionais. É por isso que, muitas vezes, sentimos tanto cansaço quando estamos buscando algo ou demonstramos tanta imparcialidade quando conquistamos.

E é justamente nesse momento de bloqueio de fluxo energético que costumamos desistir.

Naquele momento que estamos perto de dar as últimas braçadas em mar aberto quando já avistamos terra firme, quando ninguém mais pode passar na sua frente, quando só faltam alguns instantes… simplesmente, desistimos. Há de se ressaltar, que saber desistir, em algumas circunstâncias, é um ato nobre e inteligente. Às vezes, reavaliar as condições do vento, mudar a direção do leme e calibrar a bússola, é a solução mais correta para dar o passo certo no futuro.

Porém, na maioria das vezes, o sucesso estava extamente atrás daquela porta que você desistiu de abrir, você só precisava resistir mais um pouco, recalibrar as suas energias e saber ler os sinais, pois só você tem a chave para abrir a porta do seu sucesso!

___________

Direitos autorais da imagem de capa: sjenner13 / 123RF Imagens

Posts Relacionados