Fã de Cavaleiros do Zodíaco "fecha" o braço com tatuagens dos personagens

Fã de Cavaleiros do Zodíaco "fecha" o braço com tatuagens dos personagens

O fã de Cavaleiros do Zodíaco, o bancário Maicon Chiaparini, 34, está marcando na pele o seu amor pela saga. Ele pretende fechar o braço com os cinco protagonistas da série clássica, o testamento es

Leia tudo

O fã de Cavaleiros do Zodíaco, o bancário Maicon Chiaparini, 34, está marcando na pele o seu amor pela saga. Ele pretende fechar o braço com os cinco protagonistas da série clássica, o testamento escrito em grego de Aiolos de Sagitário e uma imagem da Saori com a armadura divina de Athena.


"Eu gosto de tatuagem e queria fazer algo que eu não fosse me arrepender. Tem gente que tatua nome do filho, time de futebol. Eu cresci assistindo Cavaleiros dos Zodíaco. Tenho mais de 30 bonecos colecionáveis deles na minha casa, além de álbuns e pôsteres", disse.

Maicon, que mora em Volta Redonda (RJ), veio para São Paulo especialmente para participar da Comic Con Experience. Ele comprou o ingresso Epic que custou R$ 1200 e dá acesso a todos os dias do evento.

"Estive na Comic Con no ano passado só para ver as armaduras de ouro em tamanho real, trazidas pela primeira vez ao Brasil. Naquela época, eu fiquei mais de quatro horas no stand só observando os detalhes das armaduras", lembrou.

Neste ano, o fã também não tem do que reclamar das opções objetos colecionáveis que estão à venda. Maicon comprou na quarta-feira, durante a Spoiler Night, o personagem Máscara da Morte (R$ 400) e também Saga de Gêmeos (R$ 644). "Pretendo comprar, pelo menos, mais um por dia", afirmou.

Na Comic Con, um dos stands que ele quer mais ver é o da Tamashii, onde estão expostos diversos colecionáveis raros dos Cavaleiros do Zodiáco. "Estão vendendo o Cavaleiro de Cristal, que é muito difícil de achar".

No futuro, Maicon pretende visitar a Comic Con de San Diego, nos Estados Unidos, uma das feiras mais tradicionais do mundo. "Quero também ir ao Japão para acompanhar a exposição oficial da Tamashii em Tóquio".

Fonte: Uol