Excluídas formariam um pote de ouro no sorteio da Copa

Excluídas formariam um pote de ouro no sorteio da Copa

Entre as seleções que não se classificaram para o Mundial da Rússia, ano que vem, a maior ausência é, claro, a Itália, quatro vezes campeã. Mas há outras excluídas que têm tradição internacional e já

Leia tudo

Entre as seleções que não se classificaram para o Mundial da Rússia, ano que vem, a maior ausência é, claro, a Itália, quatro vezes campeã. Mas há outras excluídas que têm tradição internacional e já marcaram presença em Copas com grandes campanhas.
A Holanda, por exemplo, que ficou atrás de França e Suécia no Grupo A das eliminatórias europeias, já foi vice-campeã mundial três vezes e fez seu nome na história do futebol com o famoso carrossel no Mundial de 1974 – um esquema no qual os jogadores não tinham posição fixa e todos buscavam o gol. Naquele ano, a Holanda perdeu o título para a Alemanha.
A também vice-campeã mundial Hungria (1954) é outra fora da disputa, assim como as seleções semifinalistas: Chile (terceiro em 1962), Turquia (terceira em 2002), EUA (terceiro em 1930), Áustria (terceira em 1954) e Bulgária (quarta em 1994).
São tantas as equipes de expressão sem vaga para a Copa de 2018 que os Estados Unidos já trabalham com a hipótese de promover um torneio paralelo durante o período de competição na Rússia, no qual agruparia várias dessas seleções. A Itália seria a primeira convidada.

A criação de um pote imaginário para sorteio dos grupos do Mundial da Rússia – que, na realidade, vai ser feito em 1° de dezembro, em Moscou - poderia incluir as oito seleções citadas acima e que seriam, na teoria, adversários difíceis. Ainda haveria possibilidade de se formar mais outros dois potes com seleções de peso. Vejamos:



POTE IMAGINÁRIO 1

Itália

Holanda

Hungria

Chile

Áustria

EUA

Turquia

Bulgária



POTE IMAGINÁRIO 2

Ucrânia

República Tcheca

Eslováquia

Noruega

Romênia

Escócia

Bósnia

Irlanda



POTE IMAGINÁRIO 3

Paraguai

Equador

Finlândia

China

Camarões

África do Sul

Costa do Marfim

Gana