Dimitrov vence fácil finalista da Copa Davis e se classifica

Dimitrov vence fácil finalista da Copa Davis e se classifica

ivendo ótima fase, Grigor Dimitrov venceu mais uma na temporada 2017,a sua segunda no ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. A "vítima" desta vez foi o belga David

Leia tudo

Vivendo ótima fase, Grigor Dimitrov venceu mais uma na temporada 2017,a sua segunda no ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. A "vítima" desta vez foi o belga David Goffin, que foi dominado desde o início da partida. O resultado de 2 sets a 0 a favor do búlgaro, parciais de 6/0 e 6/2, garantiu Dimitrov nas semifinais da competição que acontece em Londres e enfrenta na próxima partida o espanhol Pablo Carreño Busta para garantir a primeira posição do Grupo Pete Sampras.


A vitória é mais um ótimo resultado que Dimitrov conseguiu durante a temporada de 2017. O búlgaro já mostrou que teria um ótimo ano quando chegou na semifinal do Aberto da Austrália e quase ganhou de Rafael Nadal, em uma das partidas mais equilibradas do torneio. Além das conquistas em Brisbane e Sofia, ambos 250, o tenista conquistou pela primeira vez um Master 1000 ao derrotar Kyrgios na final de Cincinatti., principal título na carreira do atleta.

Apesar da derrota, Goffin ainda tem chances de classificar para as semifinais do ATP Finals caso consiga vencer o austríaco Dominic Thiem, que perdeu na estreia para o próprio tenista búlgaro. Mesmo que seja eliminado na fase de grupos, o belga terá que manter a concentração já que o tenista tem a chance de ser campeão pela primeira vez da Copa Davis, quando a Bélgica enfrenta a França entre os dias 24 e 26 de novembro.

Último torneio de simples do calendário, o ATP Finals reúne os oito melhores tenistas da temporada. Criado em 1970, tem como maior vencedor Roger Federer, que garantiu classificação para as semifinais ao vencer a jovem revelação Alexander Zverev na última terça-feira. Com seis conquistas, o suíço tem na sua cola Nova Djokovic, que com cinco titulos, não participou da edição deste ano devido a problemas físicos. Outro tenista que também não jogou este ano a competição foi Andy Murray, que conquistou o título em 2016.