Crente que dizia ser o profeta do Senhor entra na jaula dos leões em zoológico e é brutalmente

Crente que dizia ser o profeta do Senhor entra na jaula dos leões em zoológico e é brutalmente

Os dois leões foram sacrificados e, depois disso, as ONG protestaram porque o zoológico de Santiago do Chile está fechado. Após essa situação desagradável, os ativistas da ONG "Free Animals"

Leia tudo

Os dois leões foram sacrificados e, depois disso, as ONG protestaram porque o zoológico de
Santiago do Chile está fechado. Após essa situação desagradável, os ativistas da ONG "Free
Animals" organizaram uma petição ao governo para fechar o zoológico.
Os animais foram sacrificados depois que um jovem de 20 anos foi jogado na gaiola em uma
possível tentativa de suicídio. O protocolo do zoológico determinou que os animais deveriam ser
sacrificados sob a ameaça da vida humana. O homem que entrou na gaiola foi identificado como
Franco Luis Ferrada Román.

Ele passou as medidas de segurança da gaiola, tirou as suas roupas e começou a pegar os
animais. As equipes de emergência mataram os leões, de acordo com o administrador, se
tivessem administrado tranquilizantes, não haviam efetivado rapidamente e devoravam o jovem.
O JOVEM FOI RESGATADO EM ESTADO GRAVE.
Na roupa, encontraram uma carta na qual ele se descreveu como um profeta do Senhor e como
novo Messias e disse que o Apocalipse estava chegando, alegando que Deus o protegeria, de
acordo com a Televisão Nacional do Chile. Testemunhas na região disseram ter a impressão de
que o jovem estava muito chateado e que estava gritando.
"Tivemos que agir com urgência e tomar as armas com profissionalismo. Infelizmente, nosso
protocolo diz que, quando os animais atacam uma pessoa, devemos imediatamente sacrificar o
animal. Estamos muito assustados porque os animais no zoológico fazem parte da nossa família
e passam muito tempo conosco. Lamentamos muito ", disse o diretor do zoológico.
Por outro lado, aqueles que defendem os animais acreditam que outras medidas deveriam ter
sido tomadas para evitar a morte dos animais. A justificativa do zoológico é que os tranquilizantes
levam tempo para que ele entre em vigor e o homem possa ter morrido...

Vídeo: https://youtu.be/e4HVsj2vvhI

E você, o que você acha? Você acha que a vida humana é mais importante que a do animal ou
você acha que este messias falso deve ser proibido para ir a qualquer lugar público depois desse
acontecimento?

Publicado por Jonas Estefanski
- KF