Ciclone extratropical influencia o litoral do Sul e do Sudeste

Ciclone extratropical influencia o litoral do Sul e do Sudeste

Há risco de ventania e o mar fica muito

Leia tudo

Há risco de ventania e o mar fica muito agitado


A população do litoral das Regiões Sul e do Sudeste deve ter atenção com ventos fortes e mar muito agitado entre os dias 11 e 13 de novembro de 2017, sábado, domingo e segunda-feira . Os ventos fortes provocados por um ciclone extratropical vão gerar grandes ondas que podem provocar ressaca nas praias.

Este ciclone se formou no litoral da província de Buenos Aires (Argentina) e durante o sábado, 11 de novembro, desloca-se para o litoral do Uruguai e do Rio Grande do Sul . No domingo, 12 , e na segunda-feira, 13 de novembro , o centro de baixa pressão atmosférica do ciclone extratropical se movimenta pela costa da Região Sul intensificando os ventos e as ondas também pelo litoral a Região Sudeste do Brasil.

O ciclone extratropical se afasta do litoral da Região Sul na terça-feira, quando então os ventos enfraquecem e a ondas diminuem.
A letra B indica a posição aproximada do centro de baixa pressão atmosférica

do ciclone extratropical

Ventania
No sábado, 11 de novembro , algumas rajadas de vento no li toral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina podem alcançar velocidades entre 70 km/h e 100 km/h . A parte mais elevada das serras gaúcha e catarinense também pode ter rajadas de até 100 km/h. Na Grande Porto Alegre, as rajadas mais fortes devem ficar entre 60 km/h e 90 km/h . No litoral Paraná, de São Paulo e do Rio de Janeiro , até a região dos Lagos, podem ocorrer rajadas de 60 km/h a 80 km/h . O litoral norte do Rio e Janeiro e o litoral do Espírito Santo podem ter rajadas de 50 km/h a 70 km/h .

No domingo, 12 de novembro, algumas rajadas de vento ainda poderão alcançar até 100 km/h no litoral do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e nas áreas serranas destes estados. A Grande Porto Alegre ainda poderá ter rajadas de 60 km/h e 90 km/h. O l itoral do Paraná, de São Paulo e do Rio de Janeiro, até a região dos Lagos, podem ter rajadas de vento 60 km/h a 80 km/h . O litoral norte do Rio e Janeiro e o litoral do Espírito Santo podem ter rajadas de 50 km/h a 70 km/h.

Na segunda-feira, 13 de novembro, os ventos já começam a diminuir, mesmo assim todo litoral do Rio Grande do Sul até o Espírito Santo podem ter rajadas moderadas a fortes, entre 50 km/h e 70 km/h

Mar agitado e ressaca
O mar começa a ficar agitado no litoral do Rio Grande do Sul no sábado, 11 de novembro. É durante o dia 12, domingo, que a agitação no mar se espalha pelo litoral da Região Sul do Brasil e até a noite chega ao litoral sul de São Paulo . Algumas praias do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina podem ter ressaca com ondas de 2,5m a 3,0m. Ainda não há risco de ressaca no Paraná e nem nas praias do litoral do Sudeste.

Durante a segunda-feira, 13 de novembro, o mar fica agitado desde o Rio Grande do Sul até o Rio de Janeiro, na altura da região dos Lagos . Há risco de ressaca! As ondas podem alcançar alturas de 2,5m a 3,0m em praias do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do litoral norte de São Paulo e no litoral do Rio de Janeiro, de Paraty até Arraial do Cabo .

No litoral o Paraná e no litoral sul de São Paulo, as ondas devem ficar entre 2,0m e 2,5m e o risco de ressaca é menor.

No litoral norte do Rio de Janeiro e no sul do Espírito Santo, as ondas podem ter picos de até 2,0m na noite da segunda-feira. Não deve haver ressaca.

Na terça-feira, 14 de novembro, o mar vai baixando no decorrer do dia . Porém, na madrugada e pela manhã, ainda poderemos ter ondas de até 2,0 m no litoral do Rio de Janeiro e na costa do Espírito Santo, sem risco para as praias.

Confira o alerta de ressaca emitido pela Marinha do Brasil em 10/11/17 , válido de 22h (hora de Brasília) de 11/11/17 até 22h (hora de Brasília) de 12/11/17

AVISO NR 1308/2017

AVISO DE RESSACA

EMITIDO ÀS 1400 HMG - SEX - 10/NOV/2017

RESSACA ENTRE RIO GRANDE (RS) E LAGUNA (SC) A PARTIR DE 120000 HMG. ONDAS DE S 2.5/3.0 METROS.

VÁLIDO ATÉ 130000 HMG.



Posts Relacionados