Atualização do Bolsa Família tem que ser feita até 22 de junho

Atualização do Bolsa Família tem que ser feita até 22 de junho

Volta Redonda – A Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) alerta aos 11.601 moradores que tem o benefício do programa social do governo federal, o Bolsa Família, que deverão comparecer até 22

Leia tudo

Volta Redonda – A Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) alerta aos 11.601 moradores que tem o benefício do programa social do governo federal, o Bolsa Família, que deverão comparecer até 22 de junho, a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do seu bairro para atualização dos dados com vacinação das crianças de 0 a 7 anos, pesagem e consultas pré-natal das gestantes.

O secretário municipal de Ação Comunitária, Marcus Convençal, também gestor municipal do Programa Bolsa Família, destaca a importância do comparecimento no prazo solicitado:

– A ação configura a parceria entre os três níveis de governo, assistência social, saúde e educação. Estamos trabalhando especificamente com as condicionalidades na área da saúde, que consiste na coleta de informações sobre as crianças de 0 a 6 anos, que deverão ter o calendário vacinal, o peso e altura acompanhados. Além dos dados das mulheres em idade fértil para identificação das gestantes e acompanhamento do pré-natal -informou.

O acompanhamento do SUS, Sistema Único de Saúde, é uma das exigências do programa federal para o recebimento do benefício. Para isso as pessoas devem levar documento de identidade, cartão de vacinação, Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão. No caso das gestantes, deve apresentar o Cartão Pré-Natal. Todos devem ficar atentos para o prazo, porque o não cumprimento da exigência pode levar a perda do benefício.

O prefeito Samuca Silva orienta as famílias a não perderem o prazo, 22 de junho, porque pode colocar em risco o recebimento do benefício social que repassa recurso financeiro às famílias cadastradas:

– O programa Bolsa Família é um benefício do governo federal em parceria com os municípios, que atende socialmente a quem mais precisa, portanto, é fundamental atender no prazo determinado e procurar as unidades de Saúde para o recadastramento – ressaltou.