As Principais Escolas Militares do Brasil e suas estatísticas educacionais

As Principais Escolas Militares do Brasil e suas estatísticas educacionais

As escolas militares do Brasil se destacam, na rede pública de ensino. Embora sejam reconhecidas pela disciplina e pelo forte respeito à hierarquia, elas não se resumem a regras rígidas de c

Leia tudo

As escolas militares do Brasil se destacam, na rede pública de ensino. Embora sejam reconhecidas pela disciplina e pelo forte respeito à hierarquia, elas não se resumem a regras rígidas de conduta. O bom desempenho dos alunos em provas nacionais atesta a formação sólida nas diferentes áreas curriculares.

Não é preciso ser filho de oficial das Forças Armadas para ingressar numa dessas instituições. Os processos seletivos, que incluem prova teórica e inspeção de saúde, também são voltados aos dependentes de civis. Anualmente, cerca de 22 mil candidatos concorrem a uma vaga no 6º ano do Ensino Fundamental ou no 1º ano do Ensino Médio.

Melhores escolas militares do Brasil segundo o Ideb

A seguir, você confere um ranking com os cinco melhores colégios militares do país, segundo o último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A avaliação contempla apenas o Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano, e mede o rendimento dos estudantes em Português e Matemática.

5º lugar: Colégio Militar de Santa Maria (RS)

A cidade de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, possui uma das maiores guarnições do Exército brasileiro. O CMSM foi fundado em 1994, sendo o mais recente entre os colégios militares do Brasil.

A nota geral no Ideb 2015 foi 7,3. Além do ensino regular, a instituição também ministra aulas para ingresso na Escola Preparatória de Cadetes do Exército.

4º lugar: Colégio Militar de Porto Alegre (RS)

O CMPA fica num casarão vizinho ao Parque Farroupilha, cartão-postal da capital gaúcha. Desde 1912, é pioneiro no ensino profissionalizante e no incentivo ao esporte e à cultura. No último Ideb, recebeu nota 7,4.

Essa é a única entre as escolas militares do Brasil a manter um observatório astronômico. Ele funciona desde 2002, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

3º lugar: Colégio Militar de Juiz de Fora (MG)

Criado em 1993, o CMJF também conquistou nota 7,4 no Ideb 2015. A estrutura conta com piscina, ginásio, quadras esportivas, biblioteca, salas multimídia e espaço para apresentações culturais. Clube de artes, banda de música e núcleos de estudos religiosos estão entre as atividades extracurriculares.

2º lugar: Colégio Militar de Salvador (BA)

Comprometido com uma educação integral e de alta qualidade, o CMS foi avaliado com 7,5, no último Ideb. A atuação do educandário baiano teve início em 1957. Hoje, ele opera em instalações no bairro da Pituba.

As atividades incluem iniciação esportiva, aulas de idiomas, ações comunitárias e intercâmbios.

1º lugar: Colégio Militar de Curitiba (PR)

O CMC sagrou-se o mais bem avaliadocolégio militar, segundo o Ideb 2015: 7,7. As primeiras aulas ocorreram em abril de 1959.

Além de capacitar os estudantes para vestibulares, o colégio valoriza a preparação para escolas das Forças Armadas. Entre elas, estão a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), a Escola Naval (EN) e o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).

Melhores colégios militares do Brasil segundo o ENEM

No Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), os colégios militares também costumam se destacar. Os mais bem colocados no último ranking foram, respectivamente, os de Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Campo Grande (MS) e Fortaleza (CE).

No entanto, essa lista não será mais divulgada pelo Ministério da Educação. A justificativa é que algumas instituições privadas utilizavam o bom desempenho no ENEM como propaganda, o que não deveria ser o foco. A partir de 2017, a avaliação do Ensino Médio também será feita pelo Ideb. Ou seja, a colocação das escolas militares do Brasil poderá sofrer mudanças.

Posts Relacionados